Jackie: Influencer Mundial.

Por em , ,
0 0 0 Sem comentários

slide_240368_1266400_free

Eu diria que Jackie Kennedy foi uma espécie de “Digital Influencer” de sua época. Sim, por que não? Ela foi primeira dama num momento em que a TV tinha uma importância e um impacto social muito grandes. Mais ou menos como a internet hoje em dia. E ela soube muito bem usar esse veículo pra se aproximar de seu público. Fez seus próprios fãs, além dos eleitores do marido. Ao lado dele, aliás, formou o casal público com mais carisma e glamour daquele tempo. Construiu sua imagem, mostrou seu lifestyle, ditou tendências. Soube “postar” tudo muito bonitinho nos veículos de comunicação da época.

Moda-Estilo-Jackie-O-05-perolas

Inclusive foi ela a primeira a fazer um tour pela sua casa, a Casa Branca, na TV. Bem blogueirinha!

Aposto que muitos americanos não fazem ideia do que John F. Kennedy fez em seu curto exercício como presidente, mas todo mundo lembra do tailleur rosa que ela estava usando no dia em que ele morreu.

Moda-Estilo-Jackie-O-01-tailleur

O Filme Jackie não ganhou o Oscar de Melhor Figurino, nem Natalie Portman o de Melhor atriz. Mas não é sobre o filme que vou falar nesse post. É sobre o figurino real de Jackie, e seu estilo, que continua sendo inconfundível e eterno.

Jackie Lee Bouvier ganhou dois sobrenomes famosos. Um ao se casar com John F. Kennedy, que viria a se tornar presidente dos Estados Unidos, e outro ao se casar com o magnata grego Aristóteles Onassis – cinco anos após da morte de Kennedy. Mas Jackie O, foi o nome que ficou imortalizado na história da moda. E a responsável por isso foi única e exclusivamente ela!

slide_240368_1266394_free

Jackie foi sem dúvida uma das mulheres mais elegantes e sofisticadas de todos os tempos. Ela provavelmente já influenciou você na moda. Quantas de nós não comprou o casaqueto estilo Chanel pra um visual mais classudo? Ou aqueles óculos gigantes? E os lenços? Tudo isso era marca registrada dela.Jackie-Kennedy-Onassis 5

Entre suas marcas favoritas estavam Chanel, Givenchy, Dior, Gucci. Mas seu xodó era o estililista Oleg Cassini, que chegou a fazer mais de 300 peças para ela. Era o “designer oficial da primeira dama”.

Jackie-Kennedy-Onassis 1

Inclusive o polêmico tailleur rosa de Jackie não se transformou só na marca de uma tragédia, e sim num babado do mundo fashion. Aparentemente, o tailleur que era idêntico a tão famosa criação de Coco Chanel – os tailleurs de tweed, criados para combater os milhões de metros de tecido do “New Look Dior” – era uma cópia feita pela casa americana Chez Ninon, com autorização da própria Chanel, que inclusive teria enviado tecidos e botões para Nova York, segundo Justine Picardie, autora do livro Chanel – Her lIfe. O problema é que Karl Lagerfeld, atual diretor da Maison francesa, disse em entrevista que o tailleur era falso mesmo e que foi uma cópia feita por Oleg Cassini.

Cópia autorizada ou não, o importante é que para o filme, a Maison Chanel ajudou Melanie Fontaine na produção dos cinco exemplares usados na filmagem, cedendo botões e ajudando na escolha dos tecidos.

7cbba349b8e8eb362a302fb74f144fdc

A admiração pelo “Jackie look” só cresceu com o tempo. A Gucci criou uma bolsa em homenagem a Jackie. A Rayban lançou o óculos Jackie OH, inspirado em um redondo que ela usava muito. As referências estão por aí e as mulheres continuam a se inspirar nela.

0965f3753ac8ccccddeec4e11192733f

Então fica aqui um pouco do estilo de Jackeline Kennedy Onassis. Uma das primeiras influencers mundiais. Que a inspiração continue, porque a oposta é certeira.

Jackie Kennedy Onassis (lunettes noires Nina Ricci, sac Gucci) descend a l'hotel Crillon a Paris le 19 mars 1970 Neg:2058 --- Jackie Kennedy Onassis (Nina Ricci sunglasses, Gucci bag) in Paris on march 19, 1970

Ah, e não se preocupem, ainda vou falar sobre o filme!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *